Archive for the ‘artigo’ Category

Deixar o carro em casa: uma tarefa complicada para o paulistano

maio 5, 2008

http://tancredojr.wordpress.com/2008/05/01/deixar-o-carro-em-casa-uma-tarefa-complicada-para-o-paulistano/

Anúncios

Baixo QI ou boicote, meu rei?

maio 5, 2008

http://tancredojr.wordpress.com/2008/05/05/baixo-qi-ou-boicote-meu-rei/

Pela qualidade (e verdade) na comunicação

maio 1, 2008

 

Manter um jornal laboratório não é algo fácil. As faculdades de jornalismo por vezes não estão preparadas para cuidar do conteúdo de um jornal criado pelos alunos. Um blog como este (Jornalismo UNIP Marquês) é a ferramenta usada diariamente pela turma para cumprir com as atividades da aula e aprender na prática a gerar conteúdo para o nosso jornal, que sairá no final do semestre. Porém, um só professor para cuidar de aproximadamente 60 alunos com certeza está além de sobrecarregado. E é claro, este blog pertence a apenas UMA de suas turmas.

Esta situação facilita e muito o trabalho daqueles que não estão muito interessados em gerar conteúdo de verdade. No exemplo da Universidade de Brasília, foram fotos as “armas” usadas para fazer as matérias, na opinião dos alunos que as escreveram, terem mais conteúdo. Mas as cópias de internet, o plágio, a divulgação de dados sem a citação de fonte, e uma infinidade de outras coisas consegue retirar a verdade de um veículo que deveria por si só mostrar a outros a ética que estamos aprendendo na faculdade. Erros ortográficos, de concordância e a parcialidade ao descrever fatos também são problemas comuns entre os futuros jornalistas.  A internet como ferramenta de pesquisa, na grande maioria das vezes é favorável, mas há exeções. Cópias de artigos de sites como a Wikipédia, o Google entre outros viram prática comum entre estudantes, e não duvido que se possa verificar isto até mesmo neste blog, assim como também se pode ver em diversas outras publicações Brasil afora.  

Soluções para estes problemas? Sim, sempre existem. O investimento da universidade em formação para os alunos, em capacitação de professores e até a contratação de auxiliares para que o professor não fique sobrecarregado. A manutenção diária do blog, com buscas por falhas, erros, informações e textos copiados ou imagens falsas também poderia ser um caminho. Além de dar ao aluno a pressão que ele teria em um real veículo de comunicação (publicar um texto plageado em um jornal pode condenar uma empresa jornalística à falância), o aprendizado ficaria muito mais completo afinal, jornalismo é coisa séria! O aumento do número de edições de nosso jornal, e a melhor distribuição dele pela faculdade são também importantes. Quanto mais pessoas lerem o jornal, mais opiniões se terá quanto a ele, e as melhorias poderão ser feitas para agradar não somente os alunos que escrevem o jornal, mas também os alunos que o lêem.