Matéria Gaveta – Pílula

by

Pílula do Dia Seguinte

 Funciona em até 95% dos casos. O indicado é tomar o primeiro comprimido até 72 horas após a relação sexual, e o segundo, doze horas depois do primeiro.

Composta por dois comprimidos, a Pílula do Dia Seguinte é uma contracepção que começou a ser comercializada no Brasil em 1999. Ela pode evitar a gravidez, porém não substitui nenhum anticoncepcional como a pílula tradicional e a camisinha.
O uso é para emergência e deve ser comprada apenas perante receita médica.

A recomendação do uso é de, no máximo, uma vez no prazo de trinta dias, já que os prejuízos do exagero podem acarretar gravidez indesejada, trombose, embolia pulmonar, náuseas, vômito, dor mamária, entre outros.

Todas complicações geradas são, também conseqüentes, da quantidade de hormônios da pílula do dia seguinte em relação a tradicional; dez vezes mais.

Ela causa entre outros reações, esfoliação do útero, dificultando a fixação de um eventual óvulo fecundado.

O uso da contracepção de emergência favorece ou no mínimo estimula a prática do sexo inseguro, por ser um método seguro e na concepção de alguns uma garantia. Por esse motivo é que muitas mulheres, em plena era da informação, continuam engravidando.

 

Os “jovens urbanizados” conhecem os métodos, mas negligenciam o uso!

 

                                                                                                                    Daniela Poiano

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: