CIDADES BRASILEIRAS TESTAM NOVOS SEMÁFOROS DE LED (graveta – Cotidiano)

by

Pesquisadores do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica de São Carlos (Cepof) da Universidade de São Paulo (USP) criaram um novo semáforo que utiliza lâmpadas, chamadas de LED, que consome pouca energia e tem vida útil aproximadamente de 100 mil horas. Além disso, não requer a utilização dos filtros coloridos por onde a luz é emitida, reduzindo de 80% a 90% o consumo em relação às lâmpadas incandescentes com a mesma intesidade de iluminação, e consegue mudar de cor, intensidade e distribuição. O dispositivo também pode trazer mais segurança no trânsito e permite visibilidade maior aos motoristas. As luminárias LEDs são de 20W e as de pedestres de 12W.

 

O primeiro teste realizado pela CET de São Paulo foi em 1990, na Av. Faria Lima, e até hoje a lâmpada continua em perfeito estado, segundo artigo oficial publicado no site Sinal de Trânsito. O novo semáforo (foto ao lado), batizado de blackout, funciona até 90 minutos em caso de falta de energia e segundo os pesquisadores o custo dele é menor e pode ajudar as prefeituras a comprar mais equipamentos para melhorar o trânsito nos cruzamentos mais perigosos, não só de São Paulo, mas em cidades de outras grandes capitais do país, como já acontece em Belo Horizonte, Curitiba, Praia Grande (litoral paulista), São Bernardo do Campo (ABC paulista), entre outras. Pra substituir um semáforo convencional (orçado em R$ 30 mil com poste) por um a LED o investimento inicial é de R$16.800,00.

 

Confira na tabela abaixo uma comparação entre LED e lâmpadas com filamento:

 

 

Gisele Santos e Héctor Félix (sala 508 – JOR)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: