A Google do dia-a-dia – matéria de gaveta

by

Por Aline Barberá 8996431

Após uma visita a oficina do Google em Zurich, Suíça, o editor de Diário El Mundo, Angel Jiménez Luiz, volta com fotos surpreendentes e invejosas.

Já na recepção podemos reparar na diversidade de cores, objetos e um tom alegre dos móveis. Ao entrar na empresa, o mais novo integrante deve usar um chapéu colorido e se apresentar aos demais pelo tobogã, sim um tobogã, esse estrategicamente localizado para facilitar a locomoção das pessoas entre os ambientes.

Na cafeteria, serve café da manhã, almoço e janta, com diversos cardápios, feito exclusivamente por um cozinheiro contratado do edifício.

Os ‘Googlers’ são autorizados a levar seus filhos ao local de trabalho, dificuldade de acomodação podemos perceber que não terão afinal o escritório em geral pareça um berçário gigante.

A Google também oferece espaço fitness, onde seus integrantes podem queimar as gordurinhas adquiridas pelas gostosas refeições. Dando seqüência ao cuidado com o corpo, encontramos também uma sala de massagem, a cadeira vibratória é grátis, mas o serviço de massagem requer um valor, segundo eles, baixo.

Em cada andar se encontra duas salas de descanso, com jogos, televisões, poltronas e também petiscos e bebidas a vontade.

Na Google não existe horário estipulado de serviço, cada um faz o seu, apenas é obrigatório que se cumpram os prazos de entregas de produções.

As salas de reuniões costumam ser projetadas com designers temáticos.

Mas depois de tanto falar em diversão a gente acaba pensando que ninguém trabalha nessa empresa, mas calma, trabalham sim e muito. No ambiente de desenvolvimento e produção cada pessoa trabalha com dois monitores agilizando assim o trabalho e a produtividade. A disposição das mesas é livre e fica por gosto dos próprios usuários.

As áreas de lazer estão espalhadas por todo o prédio para que os ‘googlers’ possam caminhar e se relacionar com todos.

Lá as idéias surgem a qualquer momento, por isso blocos de anotações e canetas são encontrados em qualquer canto ou parede de todos os ambientes.

E como não podia deixar de faltar o famoso cochilinho após o almoço, a Google também pensou nisso ao fazer o Salão das Águas, um ambiente calmo, com baixa luminosidade, onde não é permitido aparelhos celulares nem despertadores.

Fora tudo isso, os funcionários têm 20% de tempo de trabalho onde cada um pode dedicar-se a projetos pessoais e 10% para livre disposição absoluta.

E para finalizar, não podia faltar a famosa biblioteca, onde se encontra a melhor vista do prédio, toda a mobília é reciclável e de segunda mão.

A Google é mais que uma empresa, é uma fonte de vida saudável e rentável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: