Jornalismo Ambiental

by

Chama-se Jornalismo Ambiental a especialização da profissão jornalística nos fatos relativos ao Meio Ambiente, à Ecologia, à fauna, à flora e à Natureza de um determinado lugar.

As primeiras coberturas específicas de Meio Ambiente surgiram após a Segunda Guerra Mundial, quando a Ecologia ganhou força como tema de relevância mundial, inicialmente no Primeiro Mundo e, na década de 1980 e principalmente após a conferência Rio 92, no Terceiro Mundo.

Como na maior parte das especializações jornalísticas, as fontes de Jornalismo Ambiental são divididas entre protagonistas (movimentos ambientalistas, ecologistas, entidades que cometem crimes ambientais), autoridades (ministros, secretários, diretores de órgãos públicos), especialistas (pesquisadores, biólogos, zoólogos, botânicos, agrônomos) e usuários (população). Especificamente, podem ser fontes úteis para o jornalista da área os membros do Partido Verde local.

O jornalismo ambiental denuncia abusos à natureza causada pelos homens e relata fatos que ocorrem na natureza, como o tremor que ocorreu na cidade de São Paulo devido ao abalo que se deu no litoral.

Bruna Prado Dias

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: