O que é Jornalismo Ambiental?

by

O que é Jornalismo Ambiental? Chama-se Jornalismo Ambiental a especialização da profissão jornalística nos fatos relativos ao Meio Ambiente, à Ecologia, à fauna, à flora. Quando os fatos se referem à Natureza de um determinado lugar, é considerado Jornalismo Cientifico.

Dentre esses, podemos exemplificar alguns programas da tv aberta brasileira, que ultiliza-se em boa parte de sua programação, do jornalismo ambiental, como: Globo Rural, Repórter Record, Globo Ciências e Globo Repórter – esses são produtos que dentre as diversas matérias, dão destaque às matérias ligadas ao meio ambiente; as matérias científicas.

As primeiras coberturas específicas de Meio Ambiente surgiram após a Segunda Guerra Mundial, quando a Ecologia ganhou força como tema de relevância mundial, inicialmente no Primeiro Mundo e posteriormente na década de 1980. Mas foi após a conferência Rio 92, no Terceiro Mundo, que o segmento ganhou destaque significativo.

Jornalismo Ambiental inclui a cobertura de eventos (desmatamentos, cataclismas, iniciativas ecológicas, crimes ambientais, etc.), as instituições que geram produtos e fatos (ONGs, universidades, empresas que agem sobre o Meio Ambiente), as políticas públicas para a área (órgãos públicos, ministérios, secretarias, institutos de proteção ambiental e biológica) e o dia-a-dia do setor.

Quando se fala em Jornalismo Ambiental é de fundamental importância (ainda mais que em determinados assuntos), o uso de fotos,  porque em grande parte dos casos a imagem é o fator principal do conteúdo, sendo que o texto é inserido para complementar. Ex: uma matéria de uma queimada que desmata a floresta amazônica. Neste caso, sem a imagem o texto perderia um pouco o sentido e o impacto.

Os principais veículos dedicados exclusivamente ao tema no Brasil são portais da internet.

Por: Vania da Silva Alves

Evanildon Dias dos Santos

 

Editado por Vanessa Zanelato

Anúncios

Tags: , ,

2 Respostas to “O que é Jornalismo Ambiental?”

  1. Vanessa Zanelato Says:

    Gostei muito da abordagem que foi utilizada, pois foram ressaltados aspectos históricos importantes, referentes ao jornalismo ambiental como por exemplo, o destaque que o segmento obteve após o Rio 92.
    Outro ponto positivo, foi o fato de vocês mencionarem os principais veículos que dão ênfase a este setor, bem como citar que a internet é o meio que mais se dedica a esta área.
    A definição que vocês conceituaram sobre jornalismo ambiental, foi bastante interessante, pois abrange desde temas recorrentes como fauna, flora, preservação ambiental, até as entidades que trabalham com este segmento.
    Esta visão ampla que vocês proporcionaram, foi o aspecto que considerei mais relevante.
    Acredito que faltou falar um pouco sobre o perfil do profissional especializado em meio ambiente, que tipo de conhecimento ele deve possuir, qual a melhor postura a ser adotada.
    Outro ponto que ficou em aberto, foi o futuro do segmento ambiental, quais serão as tendências, os assuntos que estão na mídia hoje, e terão maior relevância futuramente.
    Apesar destas pequenas falhas, gostei muito dos temas abordados.

  2. evanildon Says:

    Agradecemos o comentário, com a edição o texto ficou muito melhor. Agora é batalhar e ler mais para não cometer esses deslizes que tivemos no texto acima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: