Jornalismo Ambiental

by

Deixado de lado por um longo período, o segmento ambiental era considerado um tema sem importância. Digna de notas de rodapé, esta editoria cresceu desacreditada pela maioria dos veículos, e hoje é considerada uma das mais relevantes, devido ao seu apelo social e econômico.

 

As empresas começaram a perceber, que esta era uma área que transmitia credibilidade para seus clientes e representava uma fatia considerável do mercado.

A partir de então, projetos relacionados, principalmente à sustentabilidade, ganharam grande destaque na mídia, o que proporcionou uma maior especialização por parte dos jornalistas que atuam na área. Pautas educativas são frutos dessa especialização; fundamentais para mostrar que é possível viver em harmonia com a natureza e essenciais para criar uma consciência ecológica.

 

O jornalista ambiental deve se ater às informações de maior interesse público e que estejam diretamente relacionadas com a atualidade.

Ele deve se preocupar em divulgar bons exemplos, sem, entretanto, descartar aspectos negativos, que ao contrário do que se pensa, podem auxiliar na formação do senso crítico do público, com relação à importância da  preservação do meio ambiente.

É imprescindível, que o jornalista ambiental proporcione informações de qualidade para seu público, para que este desenvolva um compromisso com a natureza.

 

Por Patrícia Baptista e Vanessa Zanelato

 

—————————————-

Editado por: EVANILDON DIAS

—————————————-

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Tags: ,

2 Respostas to “Jornalismo Ambiental”

  1. evanildon Says:

    PONTOS POSITIVOS
    1 º – Seu texto está CLARO.
    2 º – Se ateve em falar apenas considerações profissionais sobre o assunto.
    3 º – Extremamente coerente com a pauta proposta.

    PONTOS NEGATIVOS
    1 º – Apesar de estar claro, o texto falhou, em alguns momentos, na pontuação.
    2 º – O texto ficou “gostoso de se ler”. Entretanto poderia ficar melhor se passar a usar “espaçamento duplo” ao concluir um pensamento.
    3 º – Seria interessante cortar algumas preposições e falas “delongadas”, pode se tornar dubiedade.

  2. evanildon Says:

    Pontuei diversos fatores que qualificaram positivamente o seu texto e busquei o máximo possivel para localizar alguns pequenos deslizes (dificil, pois foram poucos).

    Mais uma vez: parabéns pelo excelente texto, ficou muito bom, tanto, que se você observar, quase não foi alterado com a edição.

    Evanildon Dias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: